Conteúdo de Moda Gratuitos.

dica de downloadconteúdos de moda gratuitos

 

A Use Fashion disponibiliza em seu site uma biblioteca de conteúdos gratuitos para quem trabalha com moda.
Os conteúdos disponibilizados são incríveis e abordam temas como: Formas de definir o tema de uma coleção, Preview de cores, Calendários anuais de moda, Visual Merchandising e muito mais.
Além da biblioteca de conteúdos, eles também disponibilizam um Glossário de Moda, onde você consegue pesquisar palavras e termos e obter respostas claras e aumentar ainda mais seu vocabulário e conhecimento.

Por exemplo: Vá ao Glossário de Moda e nas buscas escreva a palavra “gola” e dê Ok. Aparecerá uma lista de opções de tipos de gola e uma foto demostrativa. Incrível, não é?

Então, não perca tempo, clique Aqui e baixe agora os conteúdos da Use Fashion

 

Gostou da dica? Deixe seu comentário, inscreva-se no blog para receber mais dicas como essa e curta nossa Página no facebook

Cursos Online – Estude Moda no Senac com preços super acessíveis.

curso senac

A plataforma EAD do Senac oferece cursos de moda para você turbinar seu currículo!

Você estuda no seu tempo livre e nem precisa sair de casa, pois os cursos são online e o melhor: os valores são super acessíveis, apenas R$ 82,30*.

Os cursos oferecidos na área da Moda são: Marketing de Moda, Estilos Femininos e Imagem Pessoal e Estilo e Imagem Pessoa – Web TV. Além desses cursos, são oferecidos cursos em diversas outras áreas, também com valores acessíveis.

Para conhecer e se matricular clique no nome do curso acima ou vá até o site do Senac. E não esquece de nos contar o que achou!

*Os valores informados podem variar de acordo com o site do Senac*

Segmentos do mercado de Moda.

segmentos

Abaixo uma lista com os segmentos do mercado de moda e suas definições.

ACTIVEWEAR: Roupas, calçados e acessórios utilizados para a prática esportiva.

ADVENTURE WEAR: Roupas e acessórios para o uso em esportes radicais.

BEACHWEAR: Roupas para praia e piscina.

BIKE WEAR: Roupas e acessórios para ciclistas ou qualquer outras atividades ligadas ao ciclismo.

BRIDAL WEAR: Vestidos de noiva.

CAREER WEAR: Roupas para o trabalho, não são uniformes, mas peças formais que caracterizam a seriedade da profissão.

CASUAL WEAR: Roupas práticas e informais.

CITY WEAR: Roupas no estilo urbano e informal.

COMFORTABLE CLASSIC WEAR: O clássico da alfaiataria renovado.

COUTURE WEAR: Roupas de época.

DAILY WEAR: Roupas de estilo contemporâneo para o dia-a-dia.

EASYWEAR: Roupas práticas e funcionais, tanto nas formas quanto nos materiais.

ENGINEERING WEAR: Roupas com fundamento na engenharia (modelagem).

EVENINGDRESS WEAR: Roupas formais para ocasiões informais (coquetel, lançamentos de exposições de arte, etc.)

EVENING GOWN WEAR: Roupas de festa.

EYEWEAR: Óculos.

FETISH WEAR: Roupas para fetichistas.

FITNESS WEAR: Roupas para ginástica e prática de esportes.

FOOTWEAR: Sapatos, tênis, sandálias, etc.

FORMAL WEAR: O rigor clássico da alfaiataria impecável, estruturado e elegante.

FULL EVENING WEAR: Roupas para eventos especiais, ocasião que requer extremo luxo.

HOMEWEAR: Roupas para ficar em casa.

JEANSWEAR/DENIM WEAR: Roupas feitas com o tecido sarja (denim, sarja de Nîmes) na cor azul índigo de origem vegetal no modelo jeans.

KIDS WEAR ou CHILDREN’S WEAR: Roupas para crianças.

KNITWEAR: Roupas feitas de malha retilínea e circular (cardigans, suéters, etc).

LEATHER WEAR: Roupas feitas de couro.

LEISUREWEAR: Roupas para lazer.

MILITARYWEAR: Roupas com inspiração em trajes militares.

NEW CLASSIC WEAR: Roupas clássicas renovadas.

OUTDOORWEAR: Roupas para a vida ao ar livre, track (escaladas, trilhas, etc)

PETITE WEAR: Roupas para mulheres adultas de estatura baixa (1.40m a 1.60m de altura) com os tamanhos 0 ao 14 para os Estados Unidos e 28 ao 42 para o Brasil.

RAINWEAR: Roupas impermeáveis.

READY-TO-WEAR: prêt-à-porter, pronto para vestir.

RECYCLED WEAR: Roupas antigas de brechó, retrabalhadas ou reproduzidas em pequena série.

RIGOUR OF FORMAL EVENINGDRESS: roupas sociais para ocasiões de luxo, homens: dinner jacket, tuxedo (fraque) e smoking; mulheres: vestidos e suits longos ou curtos com estilo da alta-costura (haute-couture).

SOFT FORMALWEAR: Novo formal, funcionalidade, desconstruído com aspecto ultra-light, nova alfaiataria.

SLEEPWEAR: Roupas para dormir.

STREETWEAR: Roupas com estilo das tribos urbanas.

SWIMWEAR: Roupas para natação.

TAILORWEAR: Roupas feitas por alfaiates (feito sobre medida).

TECNOWEAR: Roupas feitas com matérias-primas de alta tecnologia.

TEENAGER WEAR: Roupas para adolescentes.

UTILITYWEAR: Roupas utilitárias (uniformes).

VINTAGE: Roupas ou acessórios de um estilo pertencente a uma outra época.

 

 

 

 

 

 

 

Exposição sobre tecidos no Mumo – BH

O Mumo, Museu de Moda de BH, é o primeiro museu exclusivamente dedicado à moda no Brasil! Instalado no Castelinho da Bahia, ele foi inaugurado no mês de dezembro de 2016 e o novo local tomou o lugar do Centro de Referência da Moda (CRModa), que deixou de ser apenas um centro de pesquisa e se transformou em um espaço de exposição aberto ao público.
Pra inaugurar o Mumo, está em cartaz a exposição “33 voltas em torno da Terra”, que tem como personagem central o tecido. Ela fala sobre a indústria têxtil mineira e como ela foi influente pra moda brasileira, tendo como protagonistas o algodão e a tecelagem plana. A curadoria é de Antônio Fernando Batista Santos e na galeria abaixo você confere um pouco da exposição.

Este slideshow necessita de JavaScript.

“33 voltas em torno da Terra”
Até 30/05, de terça a sexta, das 9h às 21h; de sábado e domingo, das 10h às 14h
Mumo: r. da Bahia, 1149, Centro, BH
(31) 3277-9248
Entrada gratuita

*Informações: Lilian Pacce

Boletim de tendências – Moda – SEBRAE – GRÁTIS.

imagem sebrae

O site do SEBRAE disponibiliza, gratuitamente, boletins de tendência de moda, dentre os assuntos estão Calçados Femininos, Comércio varejista e de Vestuário.

Para receber as publicações, basta se cadastrar no site, escolher os assuntos do seu interesse e receber as notificações dos produtos postados. Os boletins são bem completos e ajudam muito no dia a dia do profissional ou estudante de moda.

Para se cadastrar e receber mais informações dos boletins, visite  –> sis.sebrae-sc.com.br/cadastro

Organize seus moldes de costura.

Quem trabalha com costura, modelagem ou artesanato sabe como é difícil deixar todos os moldes bem organizados. Eu gosto de deixar os meus pendurados, acho mais prático para organizar e encontrar o que eu preciso com rapidez, mas você pode optar por guardá-los em envelopes nomeados, gavetas com divisórias, caixas de plástico ou papelão. São diversas formas, o importante é você escolher a melhor forma de guardar para não se perder.  Se inspire na galeria de imagens e se organize!

 

Arara de roupa com cano PVC.

Olá!

Há uns dias eu fiz para o meu ateliê uma arara de roupas com cano pvc. Foi super prático, econômico e ela ficou linda!

A minha é bem simples, mas trouxe alguns modelos de inspiração para vocês:

Reparem que é só usar a criatividade e elas ficam lindas e ajudam muito na organização. Você pode usá-las no ateliê, na sua loja ou até mesmo no seu quarto ou closet.

Para fazer a minha eu segui o vídeo da Taciele Alcolea:

Veja também o Vídeo de passo a passo da Oficina da Thalita e aprenda a fazer uma arara com suporte de madeira.

Gostou da matéria? Então não deixe de seguir o blog Moda Permitida e curtir a página no Facebook para ficar ligado nas novidades <3.

Tipos de Mangas para roupas.

Com a evolução do vestuário, podemos ver a presença de diversos tipos de mangas, tanto masculinas, quanto femininas. Com recortes e modelagens bastante diferenciadas, as mangas dão charme e estilo ás roupas e é essencial que conheçamos os principais modelos usados no vestuário, por isso, eu trouxe para vocês algumas opções de mangas:

manga1

manga3

tipos+mangas+roupas+vestuário+01

Não deixe de curtir a Moda Permitida no Facebook e seguir nosso blog, para ficar por dentro de todas as novidades 😉

Moda Livre – Aplicativo gratuito para IPhone e Android.

moda livre

Olá galera!

Conheci por esses dias o aplicativo Moda Livre. Ele é ideal para quem gosta de moda, mas quer consumir com consciência, pois ele mostra de forma prática e precisa as marcas que já se envolveram e as que nunca se envolveram com o trabalho escravo.

As avaliações são feitas através de bolinhas coloridas:

Verde – Mostra que a empresa está ok, andando de acordo com as leis trabalhistas (e consciência humana) e não usa de trabalho escravo nas confecções.

Amarela – Avaliação intermediária. a empresa tem antecedentes de trabalho escravo ou precisa melhorar seu desempenho e apresentar melhor sua forma de trabalho.

Vermelha – Sinal de Perigo! a empresa está ou esteve envolvida com trabalho escravo em suas confecções.

Você também pode clicar na empresa avaliada e conhecer mais da sua história e envolvimento com a mão de obra fornecida, além do app oferecer também, notícias e explicar melhor o que é o trabalho escravo.

Legal né? E o melhor de tudo é que o app é gratuito e tem versão android e IOS.

app-moda-livre